Catedral de Santo Antônio, Piracicaba (SP)

Construído no Brasil por Wilhelm Berner foi instalado originalmente na cidade de Santos (SP); em 1968 foi transferido para a Catedral de Santo Antônio, em Piracicaba, onde atualmente se encontra; é um instrumento de 2 manuais e pedaleira, contando com 23 registros.

Dados Gerais

  • Localização: Catedral de Santo Antônio – Praça da Catedral, Centro, Piracicaba (SP)
  • Construção: Wilhelm Berner (Guilherme Berner), Brasil, 1943 (1)
  • Reformas/restaurações:
    • 1968: Instalação do instrumento na Catedral de Santo Antônio, em Piracicaba (SP)
  • Características (2002):
    • 2 manuais (61 notas, C1–C6) e pedaleira (32 notas, côncava/paralela, C1–G3, )
    • 23 registros
    • Tração elétrica

Registros

O instrumento conta com os seguintes registros (2)

  • I Manual
    • Quintaton 16’
    • Principal 8’
    • Flauta 8’
    • Flauta Transversal 4’
    • Flauta Chaminé 4’
    • Flautim 2’
    • Trompete 8’
    • Mistura 3-5 filas
  • II Manual
    • Violino Principal 8’
    • Viola 8’
    • Flauta 8’
    • Celeste 8’
    • Flauta 4’
    • Quinta 2 ⅔ ’
    • Picollo 2’
    • Terça 1 ⅗ ’
    • Oboé 8’
  • Pedal
    • Violon Basso 16’
    • Subbaixo 16’
    • Baixo Eco 16’
    • Principal 8’
    • Cello 8’
    • Baixo Coral 4’
  • Acopl.
    • I super
    • I sub
    • II super
    • II sub
    • I/II
    • I/II super
    • I/II sub
    • I/ped
    • I/ped super
    • II/ped
    • II/ped super
  • Recursos
    • 2 combinações livres
    • 3 combinações fixas

Fotos

Clique nas imagens para ampliá-las:

instrumentos:catedral-santo-antonio-piracicaba-02.jpg
 Fachada dos tubos (3)

instrumentos:catedral-santo-antonio-piracicaba-01.jpg
 Console (3)

Textos

Órgão de tubos (4)

Construído em 1948 pelo organeiro Wilhelm Berner, radicado no Brasil, o órgão foi inicialmente instalado na Igreja Sagrado Coração de Jesus, na cidade de Santos. Nos anos 60, essa igreja foi abalada em sua estrutura por uma explosão de um gasoduto da Refinaria de Cubatão. Diante do risco de desabamento, a igreja foi demolida e todos os seus pertences forma doados ou vendidos. Foi o que aconteceu ao órgão. Por essa época, a Catedral de Piracicaba estava sendo concluída, e pensava-se na aquisição de um órgão à altura de sua importância e de seu tamanho. Ao saber da disponibilidade desse órgão de Santos, Dom Anigner Melillo, então bispo de de Piracicaba, mobilizou a comunidade piracicabana para adquiri-lo.

A cidade estava comemorando 200 anos de sua fundação e o prefeito Luciano Guidotti decidiu fazer a doação do órgão como homenagem à própria cidade, que tem na Catedral um de seus marcos mais expressivos. A inauguração ocorreu no dia 22 de novembro de 1968, festa de Santa Cecília, patrona da música.

Neste órgão da Catedral está, pois, um pedaço da história de Piracicaba e a expressão da alma piracicabana. Os grandes atos da cidade, grandes eventos culturais com participação de corais e organistas de renome internacional, a própria memória afetiva de tantos piracicabanos que casaram, foram batizados e celebraram suas bodas e formaturas, foram realizados e vividos ao som desse órgão.

Com 1.800 tubos, ele é considerado o segundo maior órgão de tubos do interior de São Paulo.

Saiba mais

Referências e notas

1. Nota: no site oficial da Catedral consta 1948 como o ano da construção do instrumento; contudo, em outros textos a data mais comum é 1943.
2. Julio Amstalden, anotações pessoais, 2001.
3. Calimério Soares, 1982.
4. Catedral de Piracicaba, «Órgão de tubos», acesso em jan. 2014.

Registramos aqui nossos agradecimentos a Julio Amstalden e ao Prof. Calimério Soares pelos materiais e informações relativos ao órgão.

(em nosso projeto este órgão está na ETAPA 2)

Navegação

página inicial

participe do projeto

contato

Órgãos

lista geral (completa)


listagem:

    ◇ por construtor

    ◇ por lugar

    ◇ por período

    ◇ por características


mapa dos instrumentos


estatísticas
(órgãos em números)

Harmônios

Descubra mais

textos

glossário

sugestões de leitura