Igreja de Nossa Senhora Auxiliadora, São Paulo (SP)

O órgão da Igreja Nossa Senhora Auxiliadora foi fabricado pela Tamburini entre 1948 e 1949, tendo sido instalado na igreja em 1950 e inaugurado por Fernando Germani (organista do Vaticano) e Angelo Camim (organista que atuou no órgão de 1950 a 1986, data de seu falecimento). O instrumento possui três manuais com 61 teclas e pedaleira com 32 teclas. Instrumento de tração eletromecânica, possui 54 registros reais e aproximadamente 6.000 tubos.

A fachada possui tubos sonoros, sendo a disposição a seguinte:

  • Do lado esquerdo foi instalado o Positivo (II manual), sendo os tubos da fachada a Tibia Maior (tubos de alta pressão);
  • Ao centro estão os tubos do Grande Órgão (I manual), sendo os de fachada as primeiras oitavas do Principal 16’, Principal 8’ doce, Dulciana e Oitava 4’ (pedal);
  • Do lado direito foi instalado o Recitativo (III Manual), sendo a fachada composta por tubos de Gamba Serafona (“sonora”).

instrumentos:nossa-senhora-auxiliadora-sp-2-3.jpg 
Fachada dos tubos – Grande Órgão (1)

Tamburini utilizou no instrumento pressões diferentes para seções distintas do órgão (técnica desenvolvida por Aristide Cavaillé-Coll). O órgão sinfônico orquestral romântico Tamburini conta ainda com um registro de percussão, a Campana, no pedal e II Manual.

No passado, a Igreja contava com um segundo órgão, que funcionava em conjunto com o grande órgão instalado no fundo da nave central; esse segundo instrumento, instalado em 1950 no coro lateral da Igreja, possuía console separado, com 1 manual e pedaleira, e 652 tubos. Foi desativado em 1975 por um princípio de incêndio e, por falta de condições para manutenção, vendido à Igreja de N. Senhora Aparecida, em São Caetano do Sul (SP), em 1978, época em que foi ampliado para 2 manuais e pedaleira, com 1.018 tubos, por José Carlos Rigatto. Posteriormente, foi vendido à Capela Beato Anchieta, São Paulo (SP), onde hoje se encontra (2).

Dados Gerais

  • Localização: Igreja de Nossa Senhora Auxiliadora – Rua Três Rios, 75, Bom Retiro, São Paulo (SP)
  • Construção: Tamburini, Itália, 1948/1949
  • Características (2002):
    • 3 manuais (61 teclas, C1-C6) e pedaleira (32 teclas, C1-G3)
    • 54 registros
    • Tração eletromecânica
    • Organeiro responsável: José Darulhes Filho

Fotos

Clique nas imagens para ampliá-las:

instrumentos:nossa-senhora-auxiliadora-sp-2-2.jpg
 Fachada dos tubos – Grande Órgão (1)

instrumentos:nossa-senhora-auxiliadora-sp-3-2.jpg
 Fachada dos tubos – Recitativo (1)

instrumentos:nossa-senhora-auxiliadora-sp-4-2.jpg
 Console (1)

instrumentos:nossa-senhora-auxiliadora-sp-5-2.jpg
 Manuais (1)

instrumentos:nossa-senhora-auxiliadora-sp-6-2.jpg
 Fachada dos tubos – Grande
Órgão (1)

instrumentos:nossa-senhora-auxiliadora-sp-1-2.jpg
 Vista externa da Igreja (1)

instrumentos:igreja-nossa-senhora-auxiliadora-sp-07.jpg
 Vista externa da Igreja (3)

Saiba mais

Referências e notas

1. Carlos Nascimento, 2001.
2. Associação Paulista de Organistas, «Recital de Inauguração do Órgão da Capela Beato Anchieta», ano 24, concerto n. 959, 21.05.2002.
3. Carlos Nascimento, 2016.

Registramos aqui nossos agradecimentos ao organeiro José Darulhes Filho pelas explicações dadas sobre o órgão em visita feita ao instrumento em 20.09.2001.

(em nosso projeto este órgão está na ETAPA 2)

Navegação

página inicial

participe do projeto

contato

Órgãos

lista geral (completa)


listagem:

    ◇ por construtor

    ◇ por lugar

    ◇ por período

    ◇ por características


mapa dos instrumentos


estatísticas
(órgãos em números)

Harmônios

Descubra mais

textos

glossário

sugestões de leitura